Tag: Sindipeças

Desempenho do setor de autopeças | 1º semestre de 2019

Os fabricantes de autopeças faturaram de janeiro a junho 10,4% a mais que no mesmo período do ano passado. Os negócios continuam impulsionados pelas vendas às montadoras, que cresceram 12,8% no semestre. Permanece fraco em 2019 o desempenho das exportações. Elas aumentaram apenas 0,6% em reais e recuaram 10,5% na análise em dólares. Já as ...

Balança comercial | 1º semestre de 2019

A balança comercial de autopeças registrou no primeiro semestre um déficit de US$ 1,98 bilhão. O valor é quase 40% mais baixo que o anotado no mesmo período do ano passado. A redução decorre da queda de quase 20% nas importações. As exportações também caíram, mas apenas 4,3%. Segundo o Sindipeças, as compras externas diminuíram de maneira generalizada por ...

Desempenho do setor de autopeças | janeiro a maio de 2019

Os fabricantes de autopeças instalados no Brasil faturaram 13,7% a mais de janeiro a maio deste ano que no mesmo período do ano passado. As vendas para as montadoras continuam impulsionando o setor. Registraram alta de 15,8% e responderam por quase 65% dos ganhos do segmento. As exportações aumentaram 5,3% na análise em reais, mas em dólares anotaram queda de ...

Balança comercial | Jan-mai 2019

A balança comercial de autopeças registrou déficit de US$ 1,7 bilhão no acumulado de janeiro a maio. O valor é 40% menor que o anotado nos mesmos cinco meses do ano passado. O déficit encolheu em 2019 pela queda de quase 20% nas importações. As compras somaram US$ 4,8 bilhões nestes cinco meses. As vendas ...

Balança comercial | Jan-abr 2019

A balança comercial de autopeças fechou o primeiro quadrimestre com déficit de US$ 1,3 bilhão, resultado 40% mais baixo que o anotado em iguais meses de 2018. O principal motivo para isso foi a forte queda de 19,5% nas importações, que somaram US$ 3,8 bilhões de janeiro a abril, ante US$ 4,7 bilhões em igual ...

Desempenho do setor de autopeças | 1º trimestre de 2019

O faturamento da indústria de autopeças cresceu 8% no primeiro trimestre quando comparado ao mesmo período do ano passado. As vendas são alavancadas especialmente pelos negócios com as montadoras, que aumentaram 8,6%. As entregas para o mercado de reposição cresceram em medida semelhante. Já as exportações caíram 13,3% por causa da crise argentina. Clique aqui ...