Tag: balança

Balança comercial de autopeças | Janeiro a julho 2018

A balança comercial de autopeças encerrou o acumulado de janeiro a julho com déficit de US$ 4 bilhões, valor 29,2% mais alto que o do mesmo período do ano passado. Embora as exportações até julho tenham crescido 9,3% e alcançado US$ 4,4 bilhões, as compras do exterior no mesmo período avançaram 17,9% e totalizaram US$ ...

Balança comercial de autopeças | 1º semestre/2018

A balança comercial de autopeças atingiu no acumulado até junho de 2018 um déficit de US$ 3,2 bilhões. O valor é 21,7% mais alto que o registrado no mesmo período do ano passado. As exportações somaram US$ 3,9 bilhões, mas as compras do exterior atingiram US$ 7,1 bilhões. Clique aqui para fazer o download do ...

Balança comercial de autopeças | jan-mai/2018

A paralisação do transporte de cargas no País também afetou o comércio exterior do setor de autopeças. As exportações somaram US$ 532 milhões em maio e significaram recuo de 15% na comparação com o mesmo mês de 2017, e retração de 20,8% em relação a abril.  As importações recuaram menos, em queda de 5,9% contra ...

Balança comercial | 1º quadrimestre

A balança comercial de autopeças atingiu déficit de US$ 2,15 bilhões no acumulado de janeiro a abril. O valor é 15,2% maior que o registrado no primeiro quadrimestre do ano passado. O déficit avança como consequência do aumento da produção nacional de veículos. Clique aqui para fazer o download do PDF

Balança comercial | 1º trimestre

A balança comercial de autopeças acumulou no primeiro trimestre um déficit de US$ 1,6 bilhão, que supera em 4,2% o saldo negativo anotado no mesmo período do ano passado. Neste começo de ano as importações cresceram 12,5% sobre igual período do ano, totalizando US$ 3,5 bilhões. O déficit tende a se acentuar nos próximos meses ...

Balança comercial | 1º bimestre

As exportações de autopeças cresceram 30,4% no primeiro bimestre sobre igual período do ano passado, mas não foram suficientes para impedir que o setor começasse o ano com déficit de mais de US$ 1 bilhão. Enquanto os embarques somaram US$ 1,2 bilhão, as compras passaram de US$ 2,2 bilhões. A China permanece como maior fornecedor ...