Resultados da Indústria de Veículos | Janeiro-Maio 2020

A pandemia de coronavírus segue afetando negativamente os resultados da indústria automotiva com novos recordes de baixa nos resultados apresentados em junho pela associação dos fabricantes de veículos, a Anfavea. No pior desempenho mensal desde 1985, em maio os 62,2 mil emplacamentos de veículos leves e pesados registrados no mercado brasileiro representaram retração de 74,7% sobre o mesmo mês do ano passado. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2020, as vendas somam 676 mil unidades, em queda de 37,7% sobre o mesmo período de 2019.

As exportações também atingiram baixa histórica com o embarque de apenas 3,9 mil veículos em maio, número 91% do que o verificado no mesmo mês de 2019. No acumulado de 2020 as 100 mil unidades exportadas revelam retração de 45% sobre o período janeiro-maio do ano passado – é o pior resultado desde 2002.

Com números tão fracos de vendas domésticas e externas, a produção em maio foi de 43,1 mil unidades, com muitas fábricas ainda paradas ou em retomada parcial das atividades. O volume é 84,4% mais baixo do que o registrado um ano antes. Em cinco meses a indústria produziu quase 631 mil veículos, queda de 49% sobre o mesmo período de 2019.


Clique aqui para baixar a apresentação dos resultados

Clique aqui para baixar a Carta da Anfavea

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.